Buscar
  • Lubben Locutor

Escolhendo um locutor para sua produção.

Costumo dizer que a locução é a cereja do bolo de uma peça publicitária, porém, não é raro ver peças muito bem construídas, com uma ideia fantástica, mais sem aquele GRAND FINALE, muitas vezes por uma locução não adequada.


Como escolher a voz certa?


Antes de pensar na voz, é preciso olhar para o conteúdo que está desenvolvendo, pois, tudo precisa estar em sintonia, antes de se colocar a cereja no bolo, é preciso fazer o bolo, correto? Identifique alguns detalhes da sua produção.


Qual é o público alvo da peça?


Geração X, Y ou Z?


Que sensação a peça quer causar?


Imediatismo? Esperança? Surpresa?


Suponhamos que a sua produção seja para um banco que está lançando um cartão de crédito para estudantes Universitários, portanto, jovens da geração Z em sua grande maioria. A sensação que a peça quer causar é de surpresa pela chegada deste “novo produto”.


Sabendo disso, que voz se comunicaria melhor com os jovens da geração Z?


Uma voz jovem obviamente, não faz sentido pensar em uma voz clássica, grave, ou que não tenha os elementos necessários para se comunicar com o público alvo. O mesmo aconteceria ao contrário, um produto com público alvo X, tendo uma locução muito jovem que não transmite a mensagem no contexto desejado.


Portanto, antes de escolher um locutor(a), identifique estes detalhes, pois, os detalhes fazem sim muita diferença.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo