• Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Locução Natural

April 11, 2019

Você que é locutor já deve ter recebido um roteiro para narração e o briefing dizia," quero algo natural sem parecer locutor". Sim, o mercado atual pede cada vez mais interpretação e naturalidade, vícios de rádio, voz empostada e tudo que não soe "natural" está perdendo espaço na publicidade .Separei algumas dicas que te ajudarão a interpretar melhor o roteiro e fazer uma locução "melhor".

 

1) Quem é você? Não, eu não estou pedindo seu nome. Quem é você refere-se à função que você estará desempenhando no roteiro. Você é um amigo de confiança? Você é o chefe? O seu papel é o de mãe ou pai? Você não pode retratar seu papel até saber o que é.

 

2) Com quem você está falando? Quem é seu público? Homens? Mulheres? Crianças? Adolescentes? Idosos? Alta renda? Baixa renda? Executivos? Proprietários de casas? As pessoas terão dificuldades financeiras? Pessoas que sofrem de doença? Identifique seu público e mude sua entrega e tom de acordo.

 

3) Qual é o propósito da locução? Em outras palavras, qual é o objetivo final da peça que você está narrando? Existe um apelo à ação? Você está tentando vender alguma coisa? Você está fornecendo instruções? A peça é mais informativa? O que esta peça pretende realizar? Entender o propósito do roteiro antecipadamente facilitará a locução no momento de gravar..

 

4)Palavras chave.  Isso é muito importante para leituras comerciais. Destaque em cada frase o que é a mensagem principal. Pode ser um slogan, pode ser uma linha de transição, uma palavra especifica,sempre haverá uma linha no script que deve ser destacada. Identifique a linha chave e dê-lhe a atenção que merece. Ex: CELULARES A 99 REAIS, neta frase o que você destacaria? se pensou no preço está no caminho certo. enalteça as palavras chave no momento da locução.

 

Boa sorte.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

April 11, 2019

May 8, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags