• Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Razões para ser cauteloso com "vozes baratas."

July 24, 2019

 

 

 

Recentemente fui a uma loja comprar um par de tênis, confesso que só uso o mesmo modelo (All Star) pois os que eu tinha já estavam bem velhos. Na loja pedi a vendedora o tênis e ela me respondeu que não havia no momento mais tinha uma marca "similar". Exitei, mais ao ver os tênis me pareceram bem similares ao original e ainda por menos da metade do valor, ÓTIMO NEGÓCIO,PENSEI,SQN.

 

Menos de 1 mês de uso e já não havia mais solado no tênis, resumindo, tive que ir a outra loja comprar novos pares ( agora originais). O velho ditado, "você recebe o que você paga" provou a verdade mais uma vez.

 

Valor não necessariamente quer dizer barato. Uma das primeiras coisas que muitos profissionais aprendem sobre marketing é nunca usar a palavra “barato”. Embora barato possa tecnicamente significar barato, a palavra vem com a conotação de ser imitação, inferior ou, para ser franco, um pedaço de cr @ p.

 

No entanto, faça uma pesquisa no Google sobre o termo "narrações baratas" e você obterá cerca de 431.000 resultados - com um punhado de anúncios realmente pagando para se posicionar no topo da lista que pode ser considerada colorida, inferior e sem qualidade.

 

Isso não quer dizer que às vezes narrações baratas possam ser exatamente o que um cliente precisa para um projeto não essencial a curto prazo. Mas eles não são algo que normalmente pode sustentar uma empresa (ou toda a indústria de narração) para o longo prazo. Aqui estão algumas razões pelas quais você precisa ter cuidado com as vozes baratas:

 

Trabalhos extremamente baratos exigem que você sacrifique a qualidade ou a velocidade (às vezes ambos). Logo após aprender a NÃO usar a palavra “barato”, os profissionais de negócios geralmente aprendem sobre o que às vezes é chamado de “Triângulo de Gerenciamento de Projetos”. O triângulo apresenta três pontos:

 

PREÇO (BARATO)

 

SERVIÇO (RÁPIDO)

 

QUALIDADE (BOM)

 

A regra geral geralmente aceita é que, para qualquer projeto, você só pode ter duas das três características preenchidas. Isso significa que, se você já escolhe "barato" como critério principal, é preciso sacrificar a "qualidade" ou o "serviço".

 

BARATO E RÁPIDO PROVAVELMENTE NÃO SERÁ BOM.

 

BARATO E BOM PROVAVELMENTE NÃO SERÃO RÁPIDOS.

 

Rápido e bom vai custar mais para ambos os benefícios; Então, provavelmente, não será barato.

 

Vamos a um exemplo:

 

Você precisa de um locutor para narrar um vídeo de 60s que está produzindo. Você está fazendo cotações e um profissional lhe envia o orçamento de R$ 800, um segundo R$ 500,00, um terceiro R$ 350,00, mais você encontra um anuncio de locução por R$ 20.00. Olha quanta economia você pensa.

 

Aí você contrata o serviço, manda o texto com as orientações da locução e aguarda. Ele diz que entregará a locução as 10:00.  Hummmm, já são 11:00 e nada de receber o áudio,você pensa logo ele envia.

 

12:00 e nada, tem que ligar para ver o que esta acontecendo. Aí você provavelmente ouvirá que já já ele envia pois a demanda de trabalhos está muito grande, ( Sua locução não é prioridade), pois ele precisa de volume de trabalho para compensar o preço "barato".

 

Ok, não precisa pressa pois o prazo para entregar o vídeo para o cliente está longe.

 

Então você recebe a locução e se pergunta!!! Eu não pedi uma interpretação com tom emocional? Está parecendo um locutor de rádio dos anos 80 com voz empostada.

 

Pede regravação, volta igual, manda novamente, pior ainda, e você desiste.

 

Lembra do meu tênis? Paguei a mais por optar pelo "barato".

 

Um bom profissional sempre terá formação, bons equipamentos,conhecimento na área e entregará exatamente o que você espera para sua produção. 

 

Na locução como em quase tudo o mais, você recebe o que paga.

 

Para um resultado final que poupa tempo e esforço, faz com que você pareça bom para seu cliente ou chefe, e ainda lhe dá o valor que você precisa, opte por um ótimo serviço e grande qualidade, e você será um consumidor muito mais feliz a longo prazo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

April 11, 2019

May 8, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags